segunda-feira, 22 de maio de 2006

Um serão a 2


Ontem eu e o papá fizémos um programinha a dois. Acho que se não estou em erro foi o terceiro desde que o Xandrinho nasceu, contando com o nosso jantar de aniversário de casamento e a ida ao concerto dos U2.
;) Pois já sabemos que faz falta e tal... mas também é tão bom sair com o nosso crominho!
Still, sábado à noite entregámos o precioso à vovó Rosário e fomos jantar os dois... sem brirras a interromper a conversa, sem ter que "partilhar" a papinha com o bebé, sem levar a bagagem carro-saco-fraldas-papinhas atrás.
Foi bom. Muito bom, estarmos só nós, os adultos da família ;).
Depois fomos ao cinema, mas isso devem ter visto já no post de ontem...
Foi estranho entrar em casa sem o baby. Mais estranho podermos "fazer barulho" e deitar-nos sem ter que ir verificar se "ele estava aconchegadinho" :)
Mas por uma noite que seja.... foi bom ter o meu maridão só para mim ;)

domingo, 21 de maio de 2006

Código da Vinci - O Filme e o Livro



Fomos ver o filme ontem.
Sou sincera! Nem é costume gostar muito dos filmes quando já li o livro antes.
Acho que quando lemos um livro tendemos a idealizar as cenas e situações e há um contexto onírico inerente à interpretação pessoal de cada um.
O mesmo livro tem, na minha opinião, "tantos filmes" possíveis quantas as pessoas o leram, já que cada um "vê" mentalmente a coisa à sua maneira.
Eu adorei o livro.
E ontem honestamente também gostei imenso do filme!
Claro que há entre o livro e o filme partes cortadas e que na minha opinião "enriquecem" quem leu o livro, mas a verdade é que não sendo possível transpor na integra um livro para uma tela, acho que, de um modo simples, directo, sem fugir à história original, quem não leu o livro vê uma versão resumida bastante fiel, e quem leu idem.
Há momentos muito bem conseguidos como as cenas de visualização de imagens e hipoteses no modo como Langdon decifra os anagramas, por exemplo, que facilitam a compreensão das cenas. Falha por exemplo ao resumir demasiado a infância da Sophie e a demanda pelas prendas de anos e natal, o facto destas dependerem de decifrar os puzles/enredos criados pelo "avô". Ainda que apareça um flash back dela a achar 1 prenda debaixo da cama ou a brincar com um puzle cúbico, não ilustra o fascinio do avô por Da Vinci, não explora pontos interessantes sobre a sua vida e obra... etc.
No entanto, e esta é a minha opinião, o filme é agradável de se ver, sem partes maçudas ou momentos parados.
Honestamente acho que tanta fleuma a volta da pelicula só pode vir da mesma origem que a polémica aquando do lançamento do livro ;) o que, em pleno séc. XXI, se torna ridiculo.
Falamos de crenças? Ok falamos, e então? Temos todos que acreditar? Não se pode pôr em causa as coisas?
A questão levantada por Dan Brown não é original! Já tantos autores colocaram em causa a divindade de cristo, a sua relação com Maria Madalena, o papel da Igreja no passar da "mensagem"... (Pegue-se por ex. no livro de Saramago: Evangelho segundo Jesus Cristo)
Acho que o livro nos faz sentir (a nós leitores mais cépticos ou pelo menos, não-cegos-pela-religião) um pouco como a personagem "Sophie Saint-Claire", leva-nos a repensar e a duvidar da história contada pela Igreja e pela Bíblia.
Tem factos históricos interessantíssimos, as relações do catolicismo com o paganismo, a Maçonaria, e acima de tudo a versão do demanda do Santo Graal, ligada aos conceitos do eterno feminino.
É mais fácil para muitos, estando nós numa sociedade informada e cada vez mais "questionadora", acreditar e aceitar por exemplo a ideia de que Jesus Cristo não é filho de Deus, e que a Virgem Maria nunca poderia ter filhos sendo "Virgem".
Mas meus senhores, o livro e filmes são vendidos como obras de "ficção"! Sabemos que há factos históricos e comprovaveis.
Os que não podemos provar e são dados como históricos, então, faça-se em democracia, os crentes chamem-lhe ficção, os agnósticos ou mais cépticos ponderem a hipotese como real!
Pode ser? Ficamos todos contentes na mesma?
Boa! Então agora vou ver se descubro pistas para achar a descendente de Cristo! ;)
Bjcs

sexta-feira, 19 de maio de 2006

Hoje faz anos o nosso campeão!



Rafael,
espero que estejas a passar um dia muito feliz!!! Nós cá pensamos todos em ti e no orgulho que nos dá ter este menino lutador e valente na família!
Adoro-te muito lindo!

quarta-feira, 17 de maio de 2006

Em sintonia


Ontem eu e o meu namorido tivémos um daqueles momentos bonitos de sintonia.
Numa aula de projecto em que tinha que inventar um produto ou serviço novo, enviei um sms ao meu loverboy a pedir ideias.
Entretanto enquanto esperava e não esperava, fui, juntamente com a minha colega de grupo, fazendo um brainstorming de ideias.
Chegámos a um conceito: Pulseiras com um chip de GPS incorporado a serem colocadas em criançinhas (ou velhotes) e que a partir de consulta num terminal de telemóvel ou internet permitissem aceder à sua localização.

Escolhida a ideia começamos a tratar outras fases, e é ai, que recebo um sms do meu maridão:
-Mor, já sei: que tal uma pulseira com chip como já há para os animais, mas para crianças? Acho que qualquer pais compravam! Até tu já disseste que o Alexandre precisava de um aparelho de GPS para se saber dele...
:) Oh pá!!!
É nestas alturas que se eu já não estivesse apaixonada, me apaixonava por ele!!!
;)

domingo, 14 de maio de 2006

Não desisti... apenas me falta o tempo!



Desculpem! Não tenho sido assíiua; aliás não tenho vindo cá sequer... Não por falta de vontade, não por falta do que contar, não por ter perdido empenho no meu cantinho...
De todo!
A verdade é uma das desculpas mais comuns: Não tenho tempo! E o pouco que tenho, não tenho o espírito...
Ando cansada.
O Curso é interessante mas absorvente. Chego sempre a casa por volta das 21 e depois de dar um bocadinho de atenção ao Xandrinho, dar um ou outro jeito em qualquer dos comuns afazeres domésticos, organizar a matéria do dia no respectivo dossier, assegurar eventuais trabalhos ou pesquisas de TPC... ainda que na maioria das vezes até pense, "vou aos meus cantinhos", vir cá para "não dizer nada" mais vale não vir.
Os meus projectinhos andam bem. O curso está a chegar ao fim; agora é achar uma empresa porreira onde assegurar o estágio final e preferencialmente onde haja a hipotese de celebrar contrato no fim (algumas sugestões?).
O Catering também corre bem. A parceria com a Quinta mantem-se firme e temos tido eventos todos os fins de semana (o que também ajuda à minha ausência já que passo "noitadas" na cozinha)
O meu indiozinho lindo está uma pestinha maravilhosa, espertalhão, muito conversador, e TEIMOSO COMO A GAITA!!
Eu até dizia... "prometo vir mais assiduamente"... mas não quero mentir. Digo antes:Prometo TENTAR vir cá sempre que possa!
Beijinhos grandes a todos!
E DESCULPEM SE NÃO TENHO VISITADO OS VOSSOS BLOGS OU RESPONDIDO AOS EMAILS!!!