quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Será que fui má?!

Eu tento ser justa e igual para os 3... Mas tento também ser pragmática.
O A. magoou o pé no beliche à bocado. Gemeu e queixou-se bastante...
Mexi-lhe no pé e apalpei... Nada de negro, de inchado, se vermelho ou de quente.
Apliquei pomada para contusões. Disse lhe que mantivesse o pé ao alto e já víamos...
Enquanto arrumava a cozinha não me saía a ideia se o meu rapazolas de 10 anos estava a tentar ter atenção :( tipo: -Eu também mereço que vás comigo a meio da noite para o médico, ou se eu estava a ser parva e devia ir já ao hospital... afinal de contas... não sou médica...
Combinámos que se a dor não aumentasse esperávamos até de manhã.
Ele anuiu... Já dorme... Já lá fui, mexi e remexi o pé. Nem se mexeu. Não vejo nada de cuidados... Mas sinto-me mal... Porque não sei se está com ciúmes dos irmãos ou se é realmente algo e eu não estou a dar relevância.
:/ nem sempre é fácil por muito que tentemos dar-lhes a mesma atenção 

1 comentário:

  1. Não, não foste má! Há situações e situações e não podemos ir a correr para o hospital de cada vez que há um espirro ou um pum... Fizeste o teu melhor, deste-lhe a atenção devida, avaliaste a situação e resolveste esperar pelo dia seguinte, visto que não passou a dor, encaminhaste-o para o senhor doutor, tudo tal e qual como eu faria com qualquer uma das minhas! És boa mãe... tranquilita! ;)

    ResponderEliminar