quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Pronação dolorosa

Eis um palavrão que até há uns anos desconhecia completamente mas, 3 filhos mais tarde, faz parte do meu vocabulario corrente.
Em termos leigos è uma luxação, ou o deslocamento de uma articulação... 
Algo ao que parece muito comum em criancas pequenas.
Ontem após almoço, a M. estava a dormir na sua cadeirinjha no carro, quando desatou a chorar. Assumi que se tinha assustado por o irmao ter saltado do banco da frente para o de trás. chorou muito... passei do "assustou-se" para o " está com uma dorzita deve-ser-barriguinha-porque-acabou-de-comer". 
Do automovel passou para o carrinho onde estava seria, que nao è habitual, a princesa esta sempre a sorrir... de quando em vez chorava, entre o queixume ao choro forte. 
-Será o dentinho?!- em casa dou-lhe benurom...
Em casa quando lhe pego notei um choro mais forte...
Passado ao exame de palpação percebi que a queixa era ao mexer no braço direito. :/ Bolas! 
Percebi ai que as queixas das ultimas  2 horas tinham outra razao. A M. tinha qualquer coisa deslocada no bracinho. Fiquei atenta e ela realmente não mexia o braço direito. Estava ao longo do corpo tipo "asa caída".
Dei o Benuron, calcei de novo o mano H., o A. já estava pronto porque tinha Treino, e ala para a rua com todos. 
O papá ficou com os rapazes e nós as meninas fomos a urgência... 
A princesinha tinha o pulso deslocado :( não havia de chorar... O mano ao passar para o banco de tras deve ter entalado ou pressionado a mãozinha dela e o jeito foi suficiente para a luxação... 
Assim que a enfermeira recolocou o pulso, e depois de um choro forte, nem 5 minutos passaram e ja ela mexia o bracinho.

Vantagens de ter 3 filhos... :( Quando o H teve um episodio destes, com o cotovelo, assumi que a queixa era dor de ouvidos ( estava constipado) e so apos uma noite muito mal dormida e cheia de choro com dores è que nos apercebemos das queixas ao tocar  no braço... 
Enfim...já está tudo ok e fica mais uma aventura para o livro deles :)

1 comentário:

  1. A vida com filhos é uma constante aventura, um mundo de descobertas e nunca, mas nunca é monótona!

    ResponderEliminar